<< Voltar para notícias
  Salvador, 13/01/2013
Salão de beleza e barbearia da Assalba já estão em funcionamento

O deputado Pastor Sargento Isidório (PSB) foi o primeiro usuário dos serviços de barbearia e salão de beleza oferecido pela Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa (Assalba), no térreo do anexo Nélson David Ribeiro, em área cedida pela administração da Casa. Satisfeito com o corte de cabelo e com o preço praticado, parabenizou o presidente da entidade, Nilton Viana, pela iniciativa e prometeu ficar cliente.

O espaço dispõe de equipamentos de qualidade e de um corpo de funcionários que inclui, além de cabeleireiros e barbeiros, podólogo, esteticista, manicures e recepcionista, num total de nove profissionais contratados diretamente pela Assalba. Nilton Viana agradeceu o apoio do presidente Marcelo Nilo e de seus companheiros da Mesa Diretora e dos dirigentes da Casa pela cessão do espaço, que permitirá à entidade ampliar a sua receita e, consequentemente, os serviços disponibilizados aos associados.

 

HORA MARCADA

 

O salão funcionará sem interrupção para o almoço, durante os dias úteis, a partir das 9h, sendo encerrado às 18h, inclusive às sextas-feiras, quando o fim do expediente administrativo é antecipado. O atendimento pode ser feito também por hora marcada. Todos os equipamentos foram adquiridos pela Assalba, com recursos próprios, sendo a adaptação do local – onde funcionava a Escola do Legislativo, agora instalada no primeiro andar do edifício Senador Jutahy Magalhães – executada pela divisão de engenharia da Assembleia.

A expectativa dos dirigentes da entidade é ocupação plena, tão logo ocorra a reabertura dos trabalhos legislativos. Anteriormente, já houve um salão na estrutura da Assembleia, à época administrado diretamente pela Casa, mas que era limitado ao serviço de barbearia realizado nos últimos tempos pelo servidor, agora aposentado, Evandro Vergne. A aposentadoria do barbeiro e a necessidade do espaço para o trabalho legislativo, que se expandiu, determinou o encerramento do serviço, agora retomado – necessário para os deputados e deputadas, bem como para funcionários e assessores de gabinete.

Para o deputado Marcelo Nilo, a praticidade, higiene e o conforto que o salão oferece aos usuários são bens de alta valia na agitada vida que a atividade política e o exercício do mandato impõem aos deputados, seus assessores e aos funcionários da Assembleia, de maneira geral – pois muitas vezes chegamos de viagens, às segundas-feiras, pela manhã direto para os gabinetes ou para as comissões, sem tempo para corte de cabelo ou barba. Ele tem certeza de que as deputadas e funcionárias também ganharão tempo frequentando o salão sem precisar enfrentar os engarrafamentos que atormentam Salvador.

 

PROFISSIONALISMO

 

Os principais serviços disponibilizados pelo salão são o corte de cabelo – masculino e feminino – através dos cabeleireiros Rildo, Almir e Rosenice, profissionais com experiência nas melhores casas do gênero. Também são oferecidos serviço de barbeiro, manicure, pedicure estética, depilação e podologia – com os complexos equipamentos, cadeiras, pias, secadores, esterilizadores e apetrechos como tesouras, máquinas para corte e tingimento de cabelos, estando disponíveis esmaltes, ceras e cremes hidratantes, entre outros itens.

O salão conta com três cadeiras de barbeiro Ferrante, duas para manicure, um lavatório para cabelos, secadores. Poltrona para podologia e maca para estética, bem como sete poltronas para espera, uma bancada em mármore, expositores para produtos de beleza e para jornais e revistas. Os espaços para estética e podologia são fechados, oferecendo privacidade para os usuários.

Os preços fixados para os 20 serviços disponibilizados são inferiores aos oferecidos pelo mercado e são diferenciados, sendo facultado aos associados da Assalba um desconto, como já acontece na cantina e na sede de praia, igualmente explorados pela entidade. Os serviços incluem ainda escova, aplicação de tinta, lavagem de cabelo, hidratação e depilação. O corte masculino, para associados, custa R$15 e R$20, para os não- associados. Já o corte feminino, dos sócios, tem preço fixado em R$20 e R$25, para os não-sócios.

FONTE: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ALBA
Av. Luiz Viana Filho, Edf. Wilson Lins - Térreo - Assembléia Legislativa da Bahia - CAB.
(71) 3115.7038 / 3115.2962 / 3115.7210